sábado, 6 de agosto de 2011



— Só não me diga que vai passar. Não diga que vai, porque não irá. E todas as vezes que me disseram que passaria, vejamos só, não passou.
— E não lhe direi.
— O que?
— Isto. Não passará. Tu sabes, eu sei, só nos resta admitir. Admitir que, apesar de não passar, qualquer sentimento se transforma. Alguns se desgastam, outros no entanto, se solidificam.
(Silêncio)
— Eu te amei. E isso também não passará.
— Por que você usou o verbo no passado?
— Assim parece mais fácil.
— Mais fácil?
— Aham. Fingir que já não te amo como antes, que já não aglutino nas suas palavras, que já não te espero por completo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Regrinhas Dos Coments :
1.Nao Pode Chingar !
2. Deeicha Seu Bloog eu faço uma visita e sigo =)
3. Deiche Sua Sugestao Aii ^^