domingo, 27 de novembro de 2011

0 Era só mais um garoto....7 º Episodio

-Desde hoje eu liguei para vim para cá quando você chegou .Disse Pedro com as maiores da mentiras .
-É verdade Mari ? Peguntou Fê olhando pra mim 
Tentei não gaguejar e não ficar olhando para o Pedro .
-Claro Fê .
-Então vamos Mari ?,É Felipe se você quiser pode ficar .
-E vocês vão pra onde ? Disse ele confuso 
-Pra casa .
-Ah eu também vou tenho que dar noticias que estou vivo a minha mãe . Disse Fê .
-Então vamos ? Perguntei .
-Claro . 
Peguei as minhas coisas e nos três saimos do apartamento do Pedro e entramos no carro o clima era bem tenso ninguém falava nada e eu só ouvia o som do carro tocando uma música que eu não reconhecia foram os 15 minutos mais longos da minha vida mas enfim chegamos eu abrir a porta do carro e sai .
-Ei Mari espere .
-Ah foi mal . Fui em direção a ele . - É valeu por tudo e até segunda .
-Que nada foi um prazer . Ele me abraçou e me faltou ar.
-Pedro ?
-Oi ?
-Eu preciso respirar .....
-Desculpa . Ele me soltou 
-Mari esta esquecendo de uma coisa .
Eu já sabia o que o Fê queria fiz uma carinha fofa e perguntei com se não soubesse o que era ....
-Esqueci, o que ?
-Isso . Ele me agarrou e me beijou lentamente .
-Fê eu preciso ir . O rosto dele ainda estava bem perto do meu .
-Ta . Ele me deu um selinho e se afastou .
-Tchau meninos e por favor não briguem .
-Ta amor . Disse Fê 
Eles entraram no carro e foram embora eu entrei o mais rápido possível e corri para subi as escadas logo mas .....
-Mariana venha cá você me deve satisfações moça . Ela falou com uma voz de raiva junto com preocupação .
-É eu sei mãe eu irei explicar tudo .
-Então pode começar . Ela tivera se acalmado mais .
Sentamos no sofá e eu expliquei tudo o que aconteceu do começo ao fim mas com algumas alterações sabe? 
-Ta Mari eu entendo mas você vai ficar de castigo sabe disso né ?
-Sei mãe . Falei de cabeça baixa 
-2 semanas de castigo casa/escola , escola/casa .
-Podemos mudar? Eu quero me inscrever na competição de natação segunda posso .
-Ta eu sei que isso importa e muito pra você .
-Valeu mãe ,então posso ir ?
-Vai Mari e juízo.
Eu entendi o que ela quis dizer e tinha haver com o Felipe e o que com certeza ela viu o nosso beijo era constrangedor minha mãe me ver beijando , eu subi e fui direto para o meu quarto ..........

Alyce Freitas - 5 de ago
Tomei um longo banho e ler(Eclipse) um pouco , depois o meu telefone tocou era a Alice eu tivera esquecido dela completamente .....
-Oi Amiga ?
-Oi Alice .
-Iai como foi seu dia hoje ? E a festa ontem ? ....
Contei a Alice tudo o que aconteceu da sexta a noite até aquele sábado que eu tivera com o Pedro e o Felipe .
Ela ficou escutando em silêncio as vezes fazia uhum , sei , para saber eu saber que ela ainda estava na linha .
-E você onde esta ?
- Eu nem fui sai com o mateus foi ótimo .....
Ela me falou tudo com detalhes ela o amava de verdade era visível na voz dela o modo como ela falava dele como o descrevia .....
-Nossa ta apaixonadiissima né ?
-Muitooo e você também esta que eu sei ...
-É eu o Amo tanto , ai tenho uma novidade vou me inscrever na natação segunda para me distrair e a minha mãe deixou eu me inscrever para não ficar em casa o tempo todo .
-É de enlouquecer ficar em casa 2 semanas sem sair de casa .
-É mas não posso discorda sei que estou errada .
Eu e a Alice ficamos conversando por horas sobre : Escola , Garotos , Moda .........
-Oh amiga eu tenho que desligar combinei de ir ao cinema com o Mateus .-Ta amiga bom cinema isso se vocês assistirem o filme todo né ?
-Concerteza . Ela sorriu e desligou .
---------Final da ligação---------
Fiquei escutando música e acabei dormindo , Acordei o sol estava forte o céu bem azul , demorei aluns minutos para levantar lavei meu rosto escovei os dentes e desci para tomar café .
-Bom dia , mãe .
-Bom dia filha .
Tomamos café caladas , mas eu a pedi desculpas tinhamos planos para o final de semana e eu estraguei tudo , ela me desculpou e disse que haveria outros finais de semana . Logo após eu subi e tomei um banho e fui fazer o Dever de casa e estudar um pouco a minha primeira semana na escola foi agitada torço pra que seja melhor a segunda semana de aula .
O domingo foi um verdadeiro tédio e ainda se passou bem devagar , fui dormi cedo no domingo a noite não tinha nada pra fazer ...
Acordei segunda antes da hora que eu costumava acorda , tomei um longo banho , fiz toda a higiene bucal e desci tomei café e assistir um pouco ...
-Bom dia filha acordou cedo .
-É fui dormi cedo ontem a noite .
-Hoje eu vou vir para casa no horário do almoço ta ?
-Ta bom mãe , talvez eu chegue tarde irei fazer a minha inscrição na natação .

Alyce Freitas - 6 de ago
-Ta bom filha lembre-se escola/casa , casa/escola .
-Sei mãe .
-Eu já vou indo mãe beijos . Dei um beijo na bochecha dela e sai 
Fui andando distraída até que ....
-Bom dia meu amor ? Ele me agarrou pela cintura .
-Bom dia amor . Eu dei um selinho nele .
-Eu só mereço um selinho ? Dei um longo beijo nele .
-Pronto e agora ?
-Melhorou e muito .
Fomos andando e eu contei tudo sobre o que a minha mãe e sogrinha dele , tivera falado .
-Que pena.
-É eu mereci .Eu queria ter falado que eu dormi na casa do Pedro mas iamos brigar de novo e eu não queria isso de jeito maneira nenhuma .
-Então minha linda , o que você esta pensando ?
-No meu castigo . Menti
-Hum .
Eu não tivera percebido mas ele segurava a minha mão , os olhos dele perdido em pensamentos , os cabelos loiros balançavam com o vento que passava por nós , logo após avistei a escola , passavamos pelas pessoas da escola e todas olhavam .

Alyce Freitas - 6 de ago
-Amor é porque todos estão nus olhando .
-É assim Mari você logo acostuma .
-Como é assim ?
-Tipo as pessoas populares daqui quando tem alguma novidade ficam logo olhando pode ser um corte de cabelo , uma namorada nova , qualquer coisa que os populares façam é o assunto da escola .
-E você gosta disso ?
-Pra falar a verdade não é meio sufocante sabe ?
-Sei .
-Mas toma cuidado alguns só se aproxima pra se destacar e outros são amizades verdadeiras como a do Mateus .
-Ta se eu soubesse não teria em apaixonado por você . Eu brinquei com ele .
-Então terminamos .
-Sério ? Pensei que ele não tivesse entendido a brincadeira e fiquei pálida na hora .
-Não bobona , Eu Te Amo.
-Eu também Te Amo .
Ele me puxou e me beijou quando ninguém olhava , o sinal tocou e eu em despedi dele e fui para a sala , encontrei a Alice e conversamos um pouco enquanto o professor não chegava . Assistimos a Aula caladas como sempre o dia passou rápido no intervalo fiquei com o Pedro , O Mateus e a Alice no final da última aula fui me inscrever na natação chegando lá .................................

Alyce Freitas - 8 de ago
-Ora,Ora ,Ora a mala sem alça da Mariana.
-Não enche o saco garota me deixa quieta .
-Veio se inscrever foi ?
-Não poxa vim aqui pra ver se tinha um shopping . Eu sorrir de deboche .
-Sem graça , aposto que sou melhor do que você .
-Aposto que não .
-Deixa a Mari em paz Rebecca .Ordenou o Fê atrás de mim .
-Ta estou indo . Ela saiu de perto da gente com as amigas ao lado como sempre .
-Te procurei e lembrei que você viria pra cá , porque não me chamou ?
-Não achei que fosse importante para você . 
-Mari . Ele falou pegando o meu rosto com as duas mãos 
-Tudo o que você faz é importante pra mim .
Ele me deu um selinho e eu fui me inscrever .
Preenchi a minha fixa e .......
-Mariana não é ? 
-Sim . Ele era alto , forte , cabelos castanhos , olhos castanhos claros , acho que tinha uns 35 anos purai .
-Eu preciso que você demostre o que você sabe pode ser ?
-Ah claro , mas eu não trouxe roupa de banho .
-Ah não se preocupe no vestiário temos roupas de banho .

Alyce Freitas - 8 de ago
-Ok .
Fui falar com o Fê .....
-É , amor se você quiser pode ir .
-Não eu fico mas porque quer , que eu vá ?
-Por nada só que acho que você precisa almoçar e eu só irei fazer uma espécie de teste . 
-Ta amor eu espero .
-Ta bom .
Fui para o vestiário e me troquei .
-Pronto Mariana você já pode começar .
-Ok . Me alonguei e pulei na água 
-muito bom , garota . Falou o Professor quando terminei .
-Obrigada .
-Então todas as sextas e quartas esta bom pra você ?
-Ah claro professor ....
-Gabriel .
-Ta Gabriel .
O professor saiu e o Fê veio na minha direção .
-Nossa Amor , você é ótima .
-Deixa de ser bobo . Eu o beijei ficamos um tempo ali em pé ele me beijava e eu o beijava .
-Eu te molhei todo amor .
-Não faz mal Mari . Ele me beijou .

Alyce Freitas - 10 de ago
-Ta mas eu tenho que trocar de roupa agora ok ?
-Ok .
-Ta eu espero . Disse ele me dando um selinho 
Fui e tirei a roupa de banho e tomei um banho rápido no vestiário , amarrei o cabelo num coque e peguei um perfume que estava na minha bolsa , vesti-me e sai .
-Pronto amor , vamos . Falei indo em direção a ele 
-Gostei do perfume .
-Humm que bom é o meu preferido o da CAPRICHO
-Hum 
Ele me beijou de novo e fomos andando , até que chegamos a minha casa .
-Amor tenho que entra a minha mãe logo chega e ela vai almoçar comigo hoje .
-Ta amor nus vemos amanha ta ?
-Claro , Te Amo . Eu o beijei por um longo momento 
-Eu também Te Amo Mari . Ele foi embora e eu entrei fui tomar um banho e atualizei as minhas redes sociais .
-Marii . Gritou a minha mãe da sala .
-Oi mãe . Desliguei o PC e desci 
Comemos falei que tinha passado no teste de natação e ela me deu os Parabéns , e avisei os dias em que eu iria fazer logo após que terminamos a minha mãe lavou a louça e eu fiquei assistindo TV , acabei dormindo acordei no final da tarde estava tudo em silêncio .

Alyce Freitas - 10 de ago
-Mãe . Gritei para ver se ela ainda estava em casa .
Tudo continuo em silêncio .
A campainha tocou e fui atender .
-Oi amor . Disse Felipe 
-Oi amor mas o que ......
Ele me agarrou e me beijou e fechou a porta os uma das pernas .
-É amor , a minha mãe jaja chega e eu estou de castigo lembra ? Falei ele ainda me beijava .
-Felipe . Falei afastando ele de mim 
-Oi desculpa é que estou mal e você me faz tão bem Mari .
-O que aconteceu ?
-Problemas com o meu Pai .
-Fala eu escuto amor .
-Ta vendo é por isso que Eu Te Amo tanto , eu tenho sorte de ter você ao meu lado .
Eu o beijei intensamente 
-Amor fala qual é o problema . Eu o puxei e sentamos no sofá 
-É que eu to cansando Mari do meu pai querer mandar em mim , querer me controlar o tempo todo , tudo que eu faço não basta pra ele , nunca sou bom demais pra ele queria que ele tivesse orgulho de mim .
-Oh amor não fica assim .
-Sabe amor eu só namorei a Rebecca porque ele disse que seria bom para os negócios com o pai dela , eu sempre fiz tudo que ele queria , eu queria pelo menos uma vez só uma que ele tivesse orgulho de mim pelo que eu sou .
Eu fiquei escutando tudo com os olhos fixos nele , ele colou a cabeça em meu colo e fiquei mexendo naquele cabelo loiro , macio e liso dele .

Alyce Freitas - 11 de ago
-Eu sinto muito amor , e você é bom do seu jeito não fica assim não , fico mal te vendo assim .
-É verdade Mari ele vai ter que me aceitar do jeito que eu sou .
-Eu vou indo ta . Ele me beijou e saiu .
-Tchau .
Subi fui fazer o Dever de casa de Matemática e arrumar meu quarto .
Logo anoiteceu a minha mãe chegou jantamos juntas e assistimos um pouco de TV e logo após eu fui dormi , sonhei comigo e com o Fê sozinhos e a Rebecca chegava e o roubava ele de mim .
Acordei assustada e já era de manha , tomei um banho e vesti uma calça jeans , uma blusa branca ,com uma camisa xadrez , dobrei as mangas que eram longas e coloquei um tênis nos pés , desci tomei café com a minha mãe e sai .
Fui andando escutando música no MP3 logo após cheguei na escola , como cheguei um pouco cedo sentei debaixo da árvore onde fiquei no dia em que a amiga de Rebecca me deu aquele bilhete idiota , avistei o Pedro e falei com ele .
-Oi Pedro iai como vai as coisas ?
-Bem e você com o Felipe ?
-Bem . Eu queria pergunta ao Pedro se ele viu o Felipe purai ou sabe algo , mas preferir ficar calada .
O sinal tocou e fomos para a aula nus despedimos e eu entrei na sala não prestei na aula pensando no Fê onde ele estaria ? Ele nunca falta aula !

Alyce Freitas - 11 de ago
A aula tivera acabado e eu ainda estava perdida no meus pensamentos até que fui interrompida .....
-Olha quem eu encontrei aqui . Falou a Rebecca com ironia 
-Não enche garota . 
-Iai ? Como foi a sexta feira a noite na cada do Pedro ? E como ele te tratou ? Ele é bom de cama ?
Fiquei sem reação , como ela sabia?
-Aposto que dormiram juntos e você nem quer dividi com as amigas como foi , conta eu guardo segredo , será que o Fê já sabe ? . Ela sorria .
-Você não se contenta com um não é garota sabe o Fê dormiu comigo sexta e foi muito bom ele é Ótimo ele ficou bêbado de aconteceu .
Alguém em puxou e me tirou dali , no momento exato , eu não saberia o que iria acontecer se eu tivesse ficado ali .
-Mari amiga . Ela sacudiu meus ombros para que eu pudesse voltar ao meu estado normal .
-Oi . Falei desorientada .
-Aquela Vaca não se conforma né . 
-Ela dormiu com ele .
-O que ?
-A Rebecca dormiu com o Felipe por isso ele chegou bêbado , a eu vou matar essa garota .
Saimos dali e fomos para a outra aula , novamente não prestei atenção a minha raiva não me deixava nem pensar , eu não acredito que ele dormiu com ela .

Alyce Freitas - 12 de ago
Na hora do intervalo fui procurar e falar toda a verdade ......
-Oi amor , preciso falar com você .
-Oi amor nem te vi hoje . Ele me deu um selinho 
-Então o que você quer me falar ?
-Eu quero ser a primeira a te falar antes que a Rebecca fala errado . Eu parei e respirei fundo .
-Fala Mari está me deixando preocupado .
-Eu dormi na casa do Pedro sexta a noite . Falei rápido e de olhos fechados .
-Vocês ....... foi só isso que ele falou
-Não claro que não eu não poderia .
Era visível a raiva no rosto dele .
-Fê ?
-Eu não acredito Mari vocês dormiram na mesma cama ?
-Não claro que não , olha pra mim não aconteceu nada .
-E porque você dormiu lá ? Ele tentava se acalmar
-Já estava tarde e ele me pediu para dormi lá mas eu juro não aconteceu nada .
-Você jura que ele não te tocou ?
-Claro , É você que eu Amo e você sabe disso .
Eu e ele ficamos em silêncio e eu o aproximei de mim até nus beijarmos , foi tão tão intenso como se fosse o último beijo , pensei no meu sonho onde a Rebecca roubava ele de mim e se isso acontecesse mesmo ? O que eu iria fazer sem ele ? A minha vida não faria mais sentido .
Eu Te Amo mais que tudo nesse mundo . Falei sussurrando no ouvido dele .
-Eu também Te Amo . Ele falou em meu ouvido eu o abracei bem forte e de´pois o soltei.
O sinal tocou ele me levou para a sala de aula e depois foi para a dele , o tempo passou rápido , logo o sinal soava o último toque daquela manhã .
Sai da sala e fui procurar o Fê , encontrei ele no patio sentado e escutando música de costas .
Coloquei as mãos nos olhos dele e disse .....
-Adivinha ?
-Rebecca . Meu mundo desmoronou ali naquele momento , meu sonho tivera se tornado realidade ? Ele se virou e me viu .
As lágrimas desciam por meu rosto sem controle algum .
-Mari ? Desculpa pensei que fosse ....
-Não precisa termina a frase , e não fala mais comigo ,
Sai correndo dali ele gritava meu nome mas eu não o respondi e não queria ouvir as desculpas esfarrapadas dele .
-Mari ? Reconheci a voz do Pedro e parei .
-Oi . Minha voz falhou
-O que aconteceu ? A dele era preocupada .
-Não quero falar sobre isso , me leva pra casa por favor ?
-Claro .
Ele me levou para casa e sentou ao meu lado da cama .
-Obrigada . Falei as lágrimas pararam de escorrer pelo meu rosto .
-Oh Mari , quem fez isso com você ?
-Contei ao Felipe que dormi na sua casa , Rebecca iria falar para ele então resolvi falar primeiro antes que ela retorça a historia fui procurar o Fê tapei os olhos dele e perguntei adivinha e ele respondeu Rebecca .....
-É o reso eu já sei . Ele Completou 
Começei a chorar de novo ele me abraçou e pediu para que eu não chorasse ele parou de me abraçar e se aproximou de mim ..........

Alyce Freitas - 13 de ago
Me beijou lentamente passei a mão pelo rosto dele , pela sua barriga perfeita e comecei a subir a camisa dele até que tirei ele fez o mesmo comigo , eu fiquei por cima dele não paravamos de nos beijar , eu não seio que me dera naquele momento mas eu queria o Pedro ali naquele momento , esqueci toda a magoa que o Felipe me causou só pensei naquele momento , desabotoei o primeiro botão da calça do Pedro .
-Mari ?
-Oi . Eu ainda o beijava
-Eu quero isso mas do que você possa imaginar .
-Hum 
-Mas eu não posso , eu não posso me aproveitar desse momento .
Eu parei de beija-lo e senti de lado da cama para reorganizar meus pensamentos , o que eu iria fazer ? Se o Pedro não tivesse me impedido teria acontecido .
O que aconteceu comigo naquele momento ?
O telefone tocou ....
-Alô? Falei tensa
-Mari , desculpa me perdoar me deixar explicar é serio poxa. As desculpas dele eram sinceras mas eu não quis acreditar , dei o telefone ao Pedro.
-Alô .
-Pedro ? O que você esta .......
------------------Fim da ligação ---------------------------------------------

Alyce Freitas - 13 de ago
-Desligou na minha cara , que idiota .
Fiquei calada pensando , se o Felipe desligou ele .............
-Pedro o Felipe vem pra cá .
-O que?
-É serio ele desligou só pode estar vindo pra cá ou vai fazer uma besteira .
Fui em direção ao meu guarda roupa peguei uma blusa ,azul , com um decote V e vesti .
A campainha tocou .
-Espera dever ser a minha mãe.
-Ta qualquer coisa chama ok ?
-Ta 
Desci e abrir a porta ...........
-Cade ele ? Falou o Felipe entrando 
-Estão falando de mim ? Perguntou o Pedro descendo as escadas 
-Eu vou te matar garoto .
Corri para ficar de frente para o Felipe 
-Você não vai matar ninguém .
Falei com autoridade .
Pedro o olhava fixamente , como se brigassem pelos olhos .
-Você tranzou com esse idiota Mari ? Perguntou Felipe 
-Não te interessa . Disse Pedro 
-Mari? Disse ele olhando para mim .
-Acabou garoto sai . Disse Pedro 
-É acabou . Começei a chorar .
Ele saiu e bateu a porta com foçar quando fechou , começei a chorar sem controle o Pedro me abraçou e disse que ficaria tudo bem ............

Alyce Freitas - 14 de ago
Algum tempo Pedro foi embora , A semana se passou rápida e dolorosamente para mim , o Felipe não falava comigo eu só via o Pedro as vezes , nem com a Alice tive muito papo ,fiquei focada nos estudos para não chorar todos os dias lembrando do buraco enorme no meu peito .
1 mês depois .........
-Mari? Disse Pedro enquanto ia a escola 
-Oi .
-Iai como vai as coisas ?
-Bem e você ?
-Bem . Disse abaixando a cabeça 
-Iai namorando muito? Tentei sorrir mas não tinha animo algum na minha voz .
-Não e você ?
-Não 
-É posso te fazer um convite /
-Pode sim 
-Quero que conheça um lugar comigo , quero te ver sorrir novamente , quero ver a garota por quem em apaixonei aquela cheia de vida.
-Não sei se posso ir , não estou com vontade de sair de casa .
-Vamos Mari por favor !Ele se ajoelhou 
-Ta eu aceito , agora levanta dai . Eu sorrir 
-Hoje passo na sua casa pode ser? As 16:00
-Esta ótimo , tchau .
Fui em direção a minha próxima de Biologia o Pedro se despediu e foi para a aula dele também .
Quando largou o Pedro me acompanhou até em casa e disse que estaria de 16:00 na minha casa .
As16:00 eu já estava pronta com uma blusa vermelha decote V , uma bermuda e um sapato all star colorido , fiquei esperando alguns minutos até que ............

Alyce Freitas - 14 de ago
-Então vamos ? Disse Pedro quando abrir a porta 
-Claro mas onde vamos ?
-É surpresa mas você vai gostar .
-Ok quero só ver .
Fechei a porta e entramos no carro dele ou futuro carro dele ,fomos para bem distante da cidade .
-É longe demais o lugar ? Perguntei curiosa .
-Não muito . Falou ele tranquilo .
-Ta . Fiquei olhando as árvores que passavam como rabiscos que nem tela de um pintor sendo formada, acho que fiquei olhando aquilo tudo por alguns minutos .
-Chegamos . Disse Pedro o carro parado eu abrir a porta e sai .
-Onde exatamente chegamos ?
-Calma você vai saber , VEM! 
Ele pegou na minha mão e me levou para dentro das árvores até que .........
-Nossa isso aqui é maravilhoso . Falei deslumbrada 
Um campo enorme cheio de flores e rosas de todas as cores e tamanhos , uma mais linda que a outra , soltei a mão dele e corri pelo campo como uma criança descobrindo o mundo agora . Toquei e senti o cheiro de cada flor , cada rosa .
-Sabe isso em faz sentir viva , me faz sentir bem novamente .
-Por isso te trouxe aqui sabia que iria se senti bem .
Eu deitei no meio do campo entre as rosas , olhei o céu estava bem azul as nuvens faziam formatos engraçados ,Pedro me olhava ,logo depois deitou ao meu lado .

Alyce Freitas - 15 de ago
-O que você esta pensando ? Perguntou Pedro em olhando 
-Na minha vida ou o que restou dela e você ? 
-Em você ,em nois pra ser sincero . Ele sorriu e chegou mais perto de mim eu o olhei confusa .
-Em mim ?
-Sim ,você pensa que eu deixei de te amar ou pensa ?
-Pensei que ...
-O que eu sinto por você não muda Mari .
-Eu vou sair da cidade . Falei os olhos dele pareciam em estado de choque suas feições mudaram , ele parecia muito triste e eu sabia o porque .
-O que ? Você não pode .
-É eu estive pensando ,e não faz sentido eu estar aqui.
-Mas e eu , a Alice, o Mateus.
-Eu venho visitar vocês quando puder .
-Não vou deixar . Ele ficou de pé .
-Você não precisa deixar Pedro eu estou mal e você sabe disso .
-Mas Mari você pode melhorar .
-Eu não posso ver o garoto que Amo e fingir que nada aconteceu .
-Mas ........ Eu o interrompi 
-Mas nada Pedro e quero ir embora .
-Ta se é isso que você quer .
-Obrigada

Alyce Freitas - 15 de ago
Ele me levou para casa uma semana se passou até que quando eu estava indo para casa .
-Mari espera . Meu coração quase saltou da boca era a voz que eu reconhecia em qualquer lugar mesmo com quase 2 meses sem escutar eu sabia quem era . Continuei andando e de cabeça baixa , Ele ficou na minha frente .
-Espera ,em escuta por favor ! Eu parei e olhei para ele 
-Pode falar . Falei friamente 
-Você não pode sair da cidade eu ..... Falou Felipe 
-Quem te falou isso ? Ah não precisa responder , eu não acredito , vocês dois não iram me impedir a vida é minha ei só me preocupo com o Pedro , Alice e o Mateus , mas você , cara acabou fica coma Rebecca vocês são perfeitos um para o outro .
-Eu não vou deixar você ir e eu não quero a Rebecca quero você .
-Tarde demais eu vou embora esse final de semana ,já falei com a minha mãe e ela já vai em trocar de escola.
-Você não pode eu......
-Não diga isso por favor , a dor que você me casou esta cicatrizando aos poucos e não quero que fique como estava é melhor deixar como estar . As Lágrimas já escorriam pelo meu rosto .
-Adeus . Falei e sai as lágrimas no rosto dele eram visíveis a dor em meu peito se abriu como um corte profundo eu o perdera para sempre não tinha mais volta.

Alyce Freitas - 16 de ago
Quando cheguei em casa chorei a dor em meu peito se abriu mais ainda , a dor que lutei tanto para esquecer , para cicatriza-la, se abriu rápido e eu chorava descontroladamente .
-Mari . Gritou a minha mãe 
-Oi mãe ? Tentei parecer normal .
-O que foi filha ?
-Nada mãe . Falei enxugando as lágrimas .
-Fala filha você pode confiar em mim .
-Eu confio mãe . Não contive as lágrimas e elas escorreram sem controle novamente .
-Mãe eu o amo ,mas ele quis a outra e eu não consigo suporta isso .
-Faz quanto tempo isso filha ?
-Faz um mês porque ?
-Por isso desconfiei você não sai mais com os amigos , mesmo depois do castigo , se você o ama então porque quer se mudar filha .
-Por isso eu quero esquecer ele , quero que ele seja feliz sem a minha presença , para não empatar a felicidade dele e da Rebecca .
-Tem certeza que você quer ir mesmo ?
-Tenho .
Almoçamos juntas , foi ótimo desabafa com a minha mãe ...
Alguns dias depois ..................

Alyce Freitas - 16 de ago
Era sexta feira o meu ultimo dia naquela escola , naquela cidade , chegando na escola.
-Oi amiga eu soube que você vai se mudar , fica por favor . Disse Alice
-Nem posso já esta tudo pronto .
Ela me abraçou 
-Vou senti sua falta . Falei no ouvido dela 
-Eu também vou .
-Também vou sentir sua falta pirralha . Disse o Mateus ao lado da Alice
-Eu também muleke . Eu sorrir .
-Mari por favor não vai . Disse Pedro chegando pro trás de mim .
Me virei para velo 
-Você sabe que não posso . Eu o abracei , desejei ser forte o bastante para dar aquele abraço de urso que ele sempre dava em mim .
Dei um beijo na bochecha dele e o soltei .
-Vou sentir sua falta . Falei olhando o rosto dele 
-Você não imagina o quanto eu vou sentir a sua .
O sinal tocou fomos para a aula passei o recreio com a galera: Alice , Pedro e Mateus , matando a saudade que já apertava em meu peito de repente ouvir alguém cantar com violão e ao vivo as pessoas assistiam para ver quem eram , me aproximei e vi quem era...

Alyce Freitas - 16 de ago
O Felipe estava no meio do patio tocando violão ele cantava a música ´Sou Eu ´do Fiuk e me olhava .....




Tudo Bem, eu tô bem 
Sem você, sem amor 
Sem ninguém, para disfarçar a dor 


E você eu já sei, 
Que já tem outro alguém 
Com você, para disfarçar a dor 


Quero ver 
Se você se arrepender 
Você não vai esquecer 
Pelo menos tão fácil assim 


E o pior 
É que o cara quer ser eu 
Ele ainda não entendeu 
No seu corpo 
Só eu 
Sou eu 


Sou eu 


O pensamento da manhã 
Sou eu 
De quem você é a fã 
Sou eu 
E quem sempre vai te amar 
Sou eu 
Ninguém tem esse lugar 
Só eu 
Quando ele terminou todos aplaudiram e eu sai dali , o sinal tocou e eu fui para a minha próxima aula ...........

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Regrinhas Dos Coments :
1.Nao Pode Chingar !
2. Deeicha Seu Bloog eu faço uma visita e sigo =)
3. Deiche Sua Sugestao Aii ^^